Siga-me

sábado, 12 de outubro de 2013

TEOLOGIA SISTEMÁTICA - uma introdução




TEOLOGIA SISTEMÁTICA
uma introdução

(SALMOS cap. 19 / Romanos 1:20 / Hebreus 1:1,2 / Romanos 1:16,17 / 2Timóteo 3:14-17)
 
Definições precedentes:

Ø  TEOLOGIA: ciência que tem por objeto os dogmas e os preceitos religiosos da moral; tratado de DEUS; doutrina da fé cristã;

Ø  Formada por dois vocábulos gregos: Theos = Deus; Logia = tratado, estudo. Theos + logia = teologia = “tratado-estudo de DEUS”. Uma vez que a mente humana não pode abarcar o infinito, e visto ser DEUS infinito, então, conclui-se que teologia é o estudo dos atributos, das características e das qualidades de DEUS, reveladas por ELE mesmo;

Ø  SISTEMA: conjuntos de partes e princípios coordenados e ligados entre si e que formam um todo harmônico;

Ø  SISTEMÁTICO: relativo ou conforme á um sistema; metódico; o que é composto ou ordenado;

Ø  TEOLOGIA SISTEMÁTICA: é a divisão ou sistematização da Teologia em assuntos bíblicos e/ou dogmáticos. Ex.: Teologia; Cristologia; Pneumatologia; Bibliologia; Soterologia; Escatologia.

Observações preliminares:
 
(Romanos 1:18-32)

1)      Desde que há humanidade, em todas as épocas, em todos os lugares, entre todas as etnias, sempre houve pessoas, mesmo sem serem hebreus ou cristãos, que de alguma forma, mesmo até antes de existirem sequer as Escrituras Sagradas, tiveram um despertamento, um interesse, uma necessidade, uma fome por DEUS. Isto por que em virtude do homem ter sido criado por DEUS, e viver sempre entre e dentro da Criação de DEUS, o ser humano tem a essência de DEUS dentro de si mesmo. Assim sendo, seu interior só pode ser preenchido por DEUS, Seu Criador. Suas perguntas mais básicas, presentes em qualquer cultura de qualquer época são: “de onde eu vim?”; “por que eu existo?”; “para onde eu vou?”. Tais reflexões “encontram”, inicialmente, respostas na própria criação, que por sua vez, apontam para O Seu Criador, DEUS. A teologia tenta encontrar estas respostas a partir das manifestações dos atributos de DEUS.

2)      Vide: Romanos 2:11-16 / 8:19-22 / 10:18,20 / 16:25,26 / 1Coríntios 2:1-6 / Provérbios 1:20,21 / Isaías 65:12 / 66:4).

3)      DEUS tem-se revelado através da Criação (Salmos 19), de Seu Filho Jesus Cristo (Hebreus 1:1,2 – a mais perfeita revelação de Si mesmo), e através de Sua Palavra Escrita (Salmos 119 – BÍBLIA SAGRADA). A Bíblia, por sua vez, é o manual, a declaração e o desabafo das verdades de DEUS, sobre DEUS, sobre a criação e sobre o ser humano.

4)      A Teologia Sistemática é um tratado que pesquisa o que se pode aprender dos atributos de DEUS a partir daquilo que por ELE nos é revelado, através da criação, de Jesus Cristo e de Sua Palavra Escrita (Bíblia), formando um todo harmônico. A Teologia Sistemática pura é o estudo da Revelação de DEUS, ainda que este termo pareça ou, ás vezes, até seja muito pretensioso.

5)      Os argumentos humanos racionais podem até nos levar á existência de DEUS, mas só a fé nos levará á ELE e á uma amizade com ELE.

6)      A palavra TEOLOGIA, de forma geral, refere-se ao estudo dos atributos de Deus, das Escrituras Sagradas, e das doutrinas formuladas a partir da Bíblia.
 

7)      Uma doutrina verdadeiramente bíblica é sempre autoritativa e obrigatória, e um sistema de teologia é somente autoritativo até onde ele reflete o ensino das Escrituras Sagradas.
 

8)      Os cristãos devem afirmar que, visto que estudar teologia é conhecer a Deus, e conhecer a Deus é o maior propósito do homem, a teologia, portanto, possui um valor intrínseco. Jeremias 9:23-24 diz:

Assim diz o SENHOR: Não se glorie o sábio na sua sabedoria, nem se glorie o forte na sua força; não se glorie o rico nas suas riquezas; mas o que se gloriar, glorie-se nisto: em entender, e em me conhecer, que eu sou o SENHOR, que faço benevolência, juízo e justiça na terra; porque destas coisas me agrado, diz o SENHOR.
 

9)      A teologia é necessária não somente para as atividades cristãs, mas também para tudo da vida e do pensamento. Visto que este é o universo de Deus, a fonte última de informação e interpretação de tudo da vida e do pensamento é a revelação divina. E, visto que ela [a revelação divina] é necessária para se ouvir e saber-se algo de Deus, a teologia é necessária, pois DEUS revela-se através de seus atributos.

10)  A teologia define e dá significado a tudo que alguém possa pensar ou fazer. O conhecimento teológico produz demandas morais e outros efeitos na vida de uma pessoa, mas estas não são propósitos maiores do que a tarefa teológica de conhecer a revelação verbal de Deus. Contudo, a ignorância com respeito à revelação divina afeta tudo da vida e do pensamento, desde a visão de alguém da história e da filosofia, até a interpretação da música e literatura, e o entendimento de matemática e física.

11)  Um conhecimento teológico de uma pessoa é desproporcional a quão bem ela conhece a Deus. Ou seja, “pode-se ter uma salutar interação com DEUS” sem conhecer-se os princípios e métodos teológicos e vice-versa.

12)  Os argumentos humanos racionais podem até nos levar á existência de DEUS, mas só a fé nos levará á ELE e á uma amizade com ELE.

13)  Enquanto que uma teologia errônea leva a um desastre espiritual e prático, uma teologia acurada conduz a uma adoração genuína e a um viver piedoso.

14)  Algumas fontes da TEOLOGIA: a Bíblia; a herança Teológica da Igreja e/ou da Denominação a que se pertence; e as formas do pensamento cultural em que vive o teólogo ou aprendiz de teologia;
 

15)  A Teologia se escreve a lápis e a Palavra de Deus já está escrita com tinta indelével;

16)  A Teologia Sistemática é um tratado que pesquisa a revelação de DEUS através da Criação, de Jesus Cristo, e de Sua Palavra Escrita (Bíblia), formando um todo harmônico. A Teologia Sistemática pura é o estudo da Revelação de DEUS, ainda que este termo pareça ou, ás vezes, até seja muito pretensioso.



Palestra proferida pelo facilitador-professor-pastor Marcelo Gesta

Igreja Batista – CBB / marcelogesta@gmail.com